A decoração também passa pela fotografia, sim eu percebi que até que podia ser bem mais útil que só simplesmente para os meus trabalhos e projectos.

 

O meu mais que tudo teve a ideia de fazer um mural com as fotos que já tirei que com as que ainda vou tirar.

 

Têm sido fotos de tudo um pouco, desde fotos de Lisboa à noite, a fotos de nós os dois, das nossas sobrinhas, com a irmã mais nova do A., até às nossas viagens por Portugal e por Espanha. O que interessa é encher a parede, mas não é encher à toa, pelo menos não é esse o nosso caso, o que não quer dizer que não se possa fazer também e ficar bom, no nosso caso estamos a tentar fazer em secções de algumas paredes, como se fosse um álbum de parede com molduras de vários tamanhos todos da mesma família e cor e criar um género de movimento com as molduras, já que a cor é dado pelas fotografias e pelas próprias molduras.

 

As fotografias para mim têm um papel muito importante na minha vida, por isso acabei por optar por fazer fotografia! Para mim é como se fosse de facto o meu diário, o meu diário acaba por ser mais visual que escrito porque é como aquela velha máxima, "uma imagem valem mais que mil palavras".


Sempre me fascinou ver os álbuns de fotos antigos mesmo de pessoas que ou nunca cheguei a conhecer ou de pessoas que nem eram da minha família, eu gostava de ver, eu ainda gosto de ver, os pedaços de uma vida os diários visuais daquelas pessoas, fotos de vários tamanhos e de diferentes texturas, com cor a antigo. É demais o que a nossa vida avança, mas nada bate os primeiros anos da fotografia, nada bate uma boa fotografia a preto e branco.

 

Eu eventualmente imprimirei essa que vos deixo aqui, tirei-a no Badocas Park e foi só e apenas por experiência e gostei do resultado final. Não é nada de mais é simples mas tem ritmo entre as estacas que estavam presas ao solo e tem a textura das estacas. É um bom exemplo de um fotografia para colocarmos no nosso mural.

 

Já experimentaram fazer algo assim? Experimentem, regalem-se com o que se consegue fazer com um mural e acreditem que as visitas também se vão deliciar com a vossa história de vida, contada por imagens.